fisioterapiaSem categoriaTerapia ManualTratamentoConsulta fisioterapêutica: identificação da causa da sua dor - Clinica CDM

16 de julho de 20190

Nos dias atuais podemos buscar um certo conhecimento nos meios de comunicação, pela internet, amigos, vizinhos, por isso, muitas pessoas concluem que não necessitam de uma consulta. Mas será que essa é a melhor maneira de resolver o seu problema?

Como a consulta fisioterapêutica pode ajudar você?

A fisioterapeuta pode ajudar você a identificar qual é o seu real problema! E conduzir você para um tratamento com melhor resultado!

Será que a dor que você sente e o mesmo problema do seu colega ? Pode ser tratada da mesma forma?

Você sente dor no joelho direito, tem mais de 50 anos e não tem histórico de queda, seu diagnóstico clínico pode ser osteoartrite e o seu colega que sente a “mesma” dor no joelho, tem mais de 40 anos, sem histórico de queda, porém ele pode ser diagnosticado clinicamente com tendinite de pata de ganço. Tanto o tratamento clínico (médico) quanto fisioterapêutico para essas duas condições são diferente. Assim, a resolução do problema só será eficaz por meio de um diagnóstico correto e elaboração de intervenções adequadas.

Mas, você pode estar se perguntado, eu já tenho um diagnóstico!

Como exemplo, seu médico o diagnosticou com hérnias de disco L4-L5 e a ressonância magnética comprova isso.

Ok, mas eu te pergunto?
É a sua hérnia de disco que está te causando dor? Ou existe outros questões que podem estar envolvidas nesse caso?

Muito comum, é a pessoa ter hérnia e também  síndrome do piriforme? ambas as condições causam dor que desce pela perna.
Além de fraqueza muscular que induz a formação de pontos dolorosos chamados de pontos gatilhos em músculos específicos na coluna, quadril, coxa e esse tipo de  dor pode ser semelhante a uma crise de  hérnia de disco.

Como saber qual dessas condições está causando a sua dor e a limitação em seu movimento? Somente uma avaliação física pode dar indícios sobre isso. Alias, você pode ter as 2 condições ao mesmo tempo.

Acima de tudo a consulta fisioterapêutica tem por objetivo resolver a sua queixa principal, as vezes, os exames não trazem um diagnóstico claro e mesmo assim, você tem dor, não consegue dormir e nem trabalhar.

Por meio de perguntas, testes, exame físico, o fisioterapeuta irá construir um raciocínio clínico e elaborar um tratamento.

Em muitos casos, uma única sessão será o suficiente e você pode ir para a fase 3 do tratamento para ganho de força e hipertrofia.

Já em outros será conduzido para uma conduta fisioterapêutica com necessidade entre 4 0u 10 sessões.
A cada sessão você será reavaliado  em busca de sinais de melhora ou identificação de uma piora, se necessário, o tratamento será ajustado.

Assim, na consulta fisioterapêutica será feito, sempre que necessário, os ajustes articulares, fasciais e musculares e você será orientado como proceder para que os ganhos sejam mantidos.

 

Leave a Reply

https://www.clinicacdm.com/wp-content/uploads/2019/06/logo-versao-2-clinica-cdim2.png

Visite nossas redes sociais:

Visite nossas redes sociais:

Copyright para Clinica CDM. Todos os direitos reservados.

Copyright para Clinica CDM. Todos os direitos reservados.