fisioterapiaTratamentoExercícios físicos no tratamento do câncer? - Clinica CDM

23 de dezembro de 20190

Você sabia que a prática de exercícios físicos contribui na recuperação oncológica?

Recentemente os estudos evidenciam que os exercícios físicos são um grande aliado como parte do tratamento oncológico. Suas contribuições agem no combate a fadiga, ansiedade e depressão, melhora na qualidade do sono e autoestima, além de auxiliar no retorno as atividades diárias e melhorar a qualidade de vida como um todo.

Sabe-se que a prática regular de exercícios físicos auxilia no sistema cardiorrespiratório, osteomuscular, circulatório, assim como reforço ao sistema imunológico. Com isso, o indivíduo tem um organismo mais preparado para lidar com a doença e ganha forças para recomeçar.

O corpo passa por inúmeras mudanças durante o processo de recuperação, sem mencionar os imunossupressores, demais fármacos utilizados nesse processo e cirurgias. Diante disso, é importante que ao dar o passo de sair do sedentarismo ou dar sequência as práticas de exercícios você possa contar com profissionais habilitados para dar o suporte, esclarecer as dúvidas e auxiliar na execução adequada dessas atividades.

O Fisioterapeuta é um profissional da área da saúde conhecedor da estrutura e do funcionamento normal do corpo humano, assim como conhece as disfunções nesses sistemas (cardiovascular, respiratório, osteomuscular etc), causados pelas diversas doenças tais como o câncer.

Dessa forma, o fisioterapeuta entende o que acontece com o seu corpo, suas limitações, seus desconfortos, fadiga, cinesiofobia (medo de sentir dor durante as atividades), quais movimentos realizar e quais evitar, como prevenir ou tratar aderências, promover analgesia. Assim como ajuste de postura, carga, tempo de descanso, formas de alongamentos e como evitar a fadiga e dor, enfim o cuidado fisioterapêutico pode contribuir positivamente no seu tratamento.

Entre esses cuidados, pode-se destacar a pratica de exercícios aeróbicos, isométricos, isotônicos, hipopressivos, entre outras atividades. Por exemplo, no método pilates tanto solo como com aparelhos é possível adaptar e realizar todos esses tipos exercícios. A escolha depende em parte qual o seu objetivo principal, quais as suas disfunções, período do seu tratamento, mas tudo isso é explicado e discutido com o fisioterapeuta durante a consulta.

Tudo isso, para que você tenha um cuidado que merece, uma pratica regular e segura de exercícios físicos para ter uma melhor qualidade de vida tanto de forma preventiva, durante e após o tratamento oncológico.

 

Leave a Reply

https://www.clinicacdm.com/wp-content/uploads/2019/06/logo-versao-2-clinica-cdim2.png

Visite nossas redes sociais:

Visite nossas redes sociais:

Copyright para Clinica CDM. Todos os direitos reservados.

Copyright para Clinica CDM. Todos os direitos reservados.